A Egis desenvolveu em 2018 um estudo de viabilidade para um sistema de transporte urbano em Niterói (RJ). O estudo foi contratado pela Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), com acompanhamento técnico da Cooperação para o Desenvolvimento e Melhoria dos Transportes Urbanos e Periurbanos (Codatu), e envolveu a análise da mobilidade urbana em Niterói, a fim de identificar o modo de transporte mais indicado para o contexto local. 

O VLT foi sugerido como opção de transporte para o município, especialmente por sua performance (conforto e segurança) e seus benefícios (ambientais, desenvolvimento da região, entre outros). Após análises socioeconômica e financeira, a Egis concluiu que a utilização do VLT em Niterói pode permitir economia de tempo dos usuários de transporte público e redução da emissão de poluentes, do número de acidentes e da manutenção do sistema viário.